Vasco da Gama

Rota entre Portugal e Índia

O português Vasco da Gama foi o primeiro explorador a navegar da Europa diretamente para a Índia,; ele entrou para a História como um dos pioneiros da era de ouro das grandes navegações.

O explorador herdou o comando de um navio quando seu pai morreu em 1497. Nessa época, os exploradores marítimos de Portugal ampliavam gradualmente seu conhecimento sobre o litoral da África, enquanto os exploradores em terra firme haviam atravessado a Índia em direção ao Egito.

O próximo passo para um explorador seria encontrar um caminho para atravessar o Oceano Índico direto de Portugal, e esse seria o destino de Vasco da Gama.

Da Gama e sua frota de quatro navios passaram pelo Cabo da Boa Esperança em dezembro de 1497, em mares desconhecidos para os europeus. Depois de parar em diversos portos africanos, da Gama atracou no sudoeste da Índia em maio de 1498, especificamente no estado de Goa (o menor estado indiano).

Vasco da Gama foi generosamente recompensado e se tornou “Almirante do Oceano Índico” quando voltou a Portugal. Ele morreu durante sua terceira viagem para a Índia, logo depois de chegar. Seu corpo foi trazido de volta a Portugal 15 anos depois, onde foi enterrado com grandes honras.

Na Índia, ele tinha sido sepultado na Igreja de São Francisco em Cochin, estado de Kerala , m 1524. Em 1539, os seus restos mortais foram transladados para Portugal e estão sepultados na Igreja de um convento carmelita conhecido atualmente como Quinta do Carmo.

Anúncios